sábado, 28 de novembro de 2009

CAMPEONATO CATARINENSE DE 2002

FIGUEIRENSE CAMPEÃO ESTADUAL DE 2002

O Campeonato Catarinense de Futebol de 2002 foi a 77ª edição do principal torneio de futebol de Santa Catarina, sendo vencido pelo Figueirense.

O campeonato de 2002 foi dividido em 4 períodos:

Torneio Seletivo: disputado entre os melhores times da 2ª Divisão de 2001 e os piores da 1ª Divisão de 2001 ( 6 no total). As equipes jogaram em turno e returno, sendo que ao final de cada um, os pontos foram zerados. Os vencedores jogaram uma final de 2 jogos e a equipe que somou mais pontos disputou a Repescagem.

Hexagonal: Disputado entre os clubes com as melhores colocação do Campeonato Catarinense de 2001, excetuando os 4 primeiros (jogaram o 5º, o 6º, o 7º, o 8º , o 9º e o 10º). As equipes jogaram em turno e returno, sendo que ao final de cada um, os pontos foram zerados. Os vencedores de cada turno mais o maior pontuador (turno + returno) dessa fase foram classificados para o Octogonal. As três equipes com a pior classificação disputaram a Repescagem.

Repescagem: jogado no sistema mata-mata. Os 4 clubes jogaram semifinais e os clubes que mais pontuaram passaram para a final, o vitorioso desta classificou-se ao Octogonal.

Octogonal: os clubes jogaram entre si em turno e returno, sendo que ao final de cada um, os pontos foram zerados. Em cada turno, os dois melhores colocados disputaram uma final de 2 jogos. Os vencedores dos turnos disputariam a final do campeonato. Por vencer o turno e o returno do octogonal, o Figueirense foi declarado campeão catarinense de 2002. O vice-campeão foi o time do Criciúma EC.

Figueirense, Criciúma, Joinville e Tubarão não disputaram as primeiras fases do Estadual. Eles entraram na reta final da competição, isto porque eram os representantes catarinenses na Copa Sul-Minas, que foi realizada no mesmo período das primeiras fases do Estadual.

Sob o comando do técnico Roberval Davino (foto), o Figueirense fez bonito e conquistou o título do Campeonato Catarinense de 2002. O time alvinegro teve o melhor ataque e defesa do torneio. O ataque marcou 45 gols em 18 jogos, média de 2,5 gols por jogo. A defesa sofreu 14 gols em 18 jogos, média de 0,7 gol por partida. O goleiro menos vazado do octogonal, Gustavo, atuou nos 18 jogos do time alvinegro.

OCTOGONAL DECISIVO - TURNO

05/05/02 - Figueirense 4x1 Criciúma

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC

Gols: Renato Martins, Dauri, André Luís e Selmir

Público: 4.753 pagantes; 5.526 total

08/05/02 - Marcílio Dias 0x2 Figueirense

Local: Estádio Dr. Hercílio Luz, em Itajaí-SC

Gols: Renato Martins e Júnior

12/05/02 - Avaí 1x1 Figueirense

Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis-SC

Gol: Dauri

16/05/02 - Figueirense 0x1 Atlético de Ibirama

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC

Público: 3.955 pagantes; 4.842 total

19/05/02 - Joinville 0x 3 Figueirense

Local: Estádio Ernesto Schlemm Sobrinho, em Joinville-SC

Gols: Selmir, Marquinhos Paraná e André Silva

22/05/02 - Figueirense 2x0 Chapecoense

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC

Gols: Marquinhos Paraná e Dauri

Público: 4.502 pagantes; 5.234 total

27/05/02 - Tubarão 1x2 Figueirense

Local: Estádio Aníbal Costa, em Tubarão-SC

Gols: Mabília e Marquinhos Paraná

CLASSIFICAÇÃO DO FIGUEIRENSE NO TURNO: 1º LUGAR

PG = 16

J = 7

V = 5

E = 1

D = 1

GP = 14

GC = 4

SG = 10

DECISÃO DA TAÇA LAURO SANTOS - TURNO DO OCTOGONAL

29/05/02 - Criciúma 0x1 Figueirense

Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma-SC

Gol: Carlinhos

02/06/02 - Figueirense 2x1 Criciúma

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC

Gols: William e Selmir

Público: 10.301 pagantes; 12.100 total

Obs.: com este resultado o Figueirense sagrou-se campeão do 1º turno do Estadual e ganhou a Taça Lauro Santos.

OCTOGONAL DECISIVO - RETURNO

09/06/02 - Criciúma 2x2 Figueirense

Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma-SC

Gols: Marquinhos Paraná e Edinho (contra)

12/06/02 - Figueirense 6x1 Marcílio Dias

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC

Gols: Márcio Goiano, Bebeto (2), Renato Martins (2) e Dauri

Público: não fornecido

16/06/02 - Figueirense 3x0 Avaí

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC

Gols: Bebeto, Marcelinho e Renato Martins

Público: 14.119 pagantes; 15.898 total

19/06/02 - Atlético 0x0 Figueirense

Local: Estádio Hermann Aichinger, em Ibirama-SC

23/06/02 - Figueirense 4x0 Joinville

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC

Gols: Márcio Goiano, William, Renato Martins e Marcelinho

Público: 5.293 pagantes; 5.712 total

26/06/02 - Chapecoense 4x5 Figueirense

Local: Estádio Regional Índio Condá, em Chapecó-SC

Gols: Fransérgio, Marcelinho (2), André Silva e Dauri

29/06/02 - Figueirense 5x1 Tubarão

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC

Gols: André Luís, William (2), Dauri e Triguinho

Público: 4.351 pagantes; 5.034 total

CLASSIFICAÇÃO DO FIGUEIRENSE NO RETURNO: 1º LUGAR

PG = 17

J = 7

V = 5

E = 2

D = 0

GP = 25

GC = 8

SG = 17

DECISÃO DA TAÇA RODOLFO SESTREM - RETURNO DO OCTOGONAL

03/07/02 - Avaí 1x3 Figueirense

Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis-SC

Gols: Dauri, Renato Martins e Marquinhos Paraná

10/07/02 - Figueirense 0x0 Avaí

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis-SC

Público: 19.835 total

Obs.: O Figueirense, que já havia ganho o turno, levou o título do returno também e o título de campeão catarinense de 2002 por antecipação.

NÚMEROS DA CAMPANHA DO CAMPEÃO

J = 18

V = 13

E = 4

D = 1

GP = 45

GC = 14

SG = 31

GOLEADORES

Renato Martins = 7 gols

Dauri = 7 gols

Marquinhos Paraná = 5 gols

William = 4 gols

Marcelinho = 4

Selmir = 3 gols

Bebeto = 3 gols

André Luís = 2 gols

André Silva = 2 gols

Márcio Goiano = 2 gols

Triguinho, Fransérgio, Júnior, Mabília, Carlinhos, Edinho (contra) = 1 gol cada

TIME BASE

Gustavo; Paulo Sérgio, Carlinhos, Márcio Goiano e André Luís; Marcinho, Mabília, Marquinhos Paraná e dauri; William e Selmir. Técnico Roberval Davino

JOGARAM TAMBÉM: Patrício, Pires, Simplício, Doriva, Renato Martins, Marcelinho, Júnior, Triguinho, Bebeto, André Silva e Fransérgio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário