segunda-feira, 30 de maio de 2011

CARLOS ALBERTO: DEIXOU SAUDADES

Com imensa alegria recebo muitos e-mails e comentários de leitores. São elogios, críticas, sugestões, opiniões, infomações, pedidos, etc.

Este, por exemplo, veio do torcedor alvinegro João Geraldo Cordeiro Lima, um fã do ex-goleiro Carlos Alberto, do Figueirense.

Recebi um excelente material enviado pelo leitor João Geraldo sobre a carreira do Carlos Alberto. Irei guardar com muito carinho no meu arquivo pessoal sobre a história do Figueirense Futebol Clube.

Este post é dedicado ao João Geraldo.


CARLOS ALBERTO: UM ETERNO ÍDOLO DO FIGUEIRA


O goleiro Carlos Alberto Agostinho passou no Figueirense Futebol Clube e aqui deixou seu nome gravado na história do clube. Carlos Alberto chegou no Estádio Orlando Scarpelli em julho de 1996, na época com 28 anos, trazido por indicação do ex-centroavante do Figueira, Guilherme Macuglia, na época Gerente de Futebol do Ipiranga de Erechim-RS, antigo clube do goleiro. Considerado o grande destaque entre os jogadores que foram contratados pelo Figueirense para as disputas do Campeonato Estadual e do Campeonato Brasileiro da Série C daquele ano, ganhou a simpatia da torcida alvinegra. No Figueirense ganhou a fama de pegador de penaltis. Foi campeão da Copa Santa Catarina/1996 e do Super Campeonato/1996 (uma disputa envolvendo os vencedores da Copa SC e do Estadual). Em 1996 e 1997, Carlos Alberto foi escolhido o melhor goleiro de Santa Catarina. Ficou no clube até 1999. Atleta de Cristo, foi um exemplo dentro e fora de campo.


















































Nenhum comentário:

Postar um comentário