segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

POR ONDE ANDAM OS CAMPEÕES DE 2008 ?

O Figueirense Futebol Clube foi campeão Catarinense pela última vez em 2008. O time era orientado pelo técnico Alexandre Gallo, atualmente dirigindo o Al-Ain dos Emirados Árabes Unidos. A decisão foi contra o Criciúma Esporte Clube. Daquele time de 2008, apenas o goleiro Wilson e o meia Fernandes continuam no Figueirense. Saiba onde andam os principais jogadores que participaram do último título do Alvinegro.
WILSON - O goleiro Wilson desde 2008 é o títular da posição no Figueirense.
RUY CABEÇÃO - Lateral direito, está jogando no Brasiliense-DF.
FELIPE SANTANA - Zagueiro, foi para o futebol alemão. Atua pelo Borussia Dortmund.
ASPRILLA - Zagueiro, disputa o Campeonato Carioca pelo Bangu Atlético Clube.
CÉSAR PRATES - Lateral esquerdo, no momento está sem clube. Ano passado jogou a Série B do Brasileirão pelo Náutico-PE.
DIOGO - Volante, é jogador do Fluminense-RJ.
LEANDRO MAKELELÊ - Volante, está no Mirassol-SP.
CLEITON XAVIER - O habilidoso meia está no Metalist Kharkin da Ucrânia.
FERNANDES - O meio campista continua no Figueirense onde é o principal ídolo.
WELLINGTON AMORIM - Atacante, atualmente defende a equipe do Mirassol-SP.
BRUNO SANTOS - Atacante, joga pelo Ceará-CE.
DALTON - Goleiro, joga pelo Cruzeiro de Porto Alegre-RS.
GUSTAVO - Goleiro, está no Náutico-PE.
MICHEL SCHMÖLLER - Zagueiro, está na Espanha. Atua pelo FC Cartagena.
LÉO MATOS - Lateral direito, joga no Chornomorets da Ucrânia.
ANDERSON LUÍS - Lateral esquerdo, atua pelo Estoril de Portugal.
BRUNO PERONE - Zagueiro, está fora do Brasil. Joga pelo Xerez da Espanha.
MARQUINHO - Meia, atua pelo Fluminense-RJ.
GLEISON - Meia, está no Democrata de Governador Valadares-MG.
ELTON - Meia, está no Náutico-PE.
CARLINHOS - Volante, está na Grécia, atuando pelo Iraklis.
RODRIGO FABRI - Meia, jogou a Série B do Brasileirão de 2010 pelo Santo André-SP. Atualmente está aposentado.
EDU SALES - Atacante, está no União São João de Araras-SP.
TUTA - Atacante, joga pelo Resende-RJ.

















sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

LENNY VIVE EXPECTATIVA DE ESTREAR NO FIGUEIRENSE




Revelado pelo Fluminense, do Rio de Janeiro, Lenny surgiu como promessa de craque. Goleador e dono de boa velocidade, ajudou o clube na conquista da Copa do Brasil e foi negociado com o Sporting Braga, de Portugal. Ficou apenas seis meses no clube português e retornou ao Brasil, para vestir a camisa do Palmeiras-SP. Teve boa sequência de jogos em 2008, mas volta e meia é vítima de lesões. A mais recente delas, no joelho, precisou de cirurgia e desde que chegou ao Figueirense o atacante segue em recuperação realizando trabalhos físicos específicos.

PROBLEMAS FÍSICOS IMPEDEM A ESTREIA DO ATACANTE
Agora, a expectativa é de que o atacante fique à disposição de Márcio Goiano. Ainda não será neste mês que o torcedor alvinegro verá a estreia de Lenny com a camisa do Figueirense. De acordo com o médico Sérgio Parucker, Lenny só deve ter condições de jogar pelo Figueirense em fevereiro.
O momento de Lenny entrar em campo é cercado de muita expectativa. E não é apenas o torcedor do Figueira que aguarda ancioso a estreia do atacante. O próprio jogador aguarda a chance de entrar no time o mais rápido possível assim que conseguir encontrar sua condição física ideal.

CARREIRA
Criado pelos avós paternos Zino e Eunice na Vila de Penha, subúrbio do Rio de Janeiro, Lenny Fernandes Coelho foi descoberto por um olheiro e foi parar no futsal do Fluminense. Em 2001, fez a transição para o campo. Jogou pelo infantil, juvenil e junior. Atuou pela Seleção Brasileira Sub-17 e, com apenas 17 anos, Lenny passou para o time profissional do Fluminense, sendo um dos destaques do time no Campeonato Brasileiro de 2006. Em 2007, conquistou o seu primeiro título, como profissional, quando o Fluminense ganhou a Copa do Brasil, justamente em cima do Figueirense. Pouco depois, Lenny foi emprestado ao Sporting Braga, de Portugal. No início de 2008, após seis meses no futebol português, Lenny foi negociado pelo Fluminense com o Palmeiras-SP. No time do Palmeiras Lenny fez 57 partidas e marcou nove gols. Ganhou o título de campeão paulista em 2008. Lenny ficou três anos no Palmeiras, mas as lesões prejudicaram o atleta de mostrar o seu verdadeiro futebol.
Recém chegado ao Figueirense - no dia 3 de janeiro de 2011, foi apresentado como reforço do Alvinegro - somente na última quinta-feira (27/01), o jogador se desvinculou de vez de sua ex-equipe, o Palmeiras. Lenny espera reencontrar o bom futebol no Figueirense. O jogador tem elogiado a estrutura do clube e está empolgado com a fanática torcida do Alvinegro.

A FICHA DO ATACANTE:
Lenny Fernandes Coelho
Natural: Rio de Janeiro-RJ (23/03/1988)
Atacante
Clubes: Fluminense-RJ (2005 a 2007), Braga-Portugal (2007), Palmeiras-SP (2008 a 2011) e Figueirense (2011)

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

BIOGRAFIA - PARTE XLVIII


PROFISSIONAIS DO FIGUEIRENSE FUTEBOL CLUBE
(Continuação das postagens dos dias 19/12/09, 28/03/10, 28/05/10, 17/07/10, 18/07/10, 19/07/10, 21/07/10, 22/07/10, 23/07/10, 24/07/10, 26/07/10, 27/07/10, 28/07/10, 29/07/10, 30/07/10, 31/07/10, 02/08/10, 03/08/10, 04/08/10, 05/08/10, 09/08/10, 10/08/10, 11/08/10, 12/08/10, 13/08/10, 16/08/10, 17/08/10, 18/08/10, 19/08/10, 20/08/10, 23/08/10, 24/08/10, 25/08/10, 26/08/10, 27/08/10, 31/08/10 , 01/09/10, 02/09/10, 20/09/10, 28/09/10 , 30/09/10, 08/10/10, 13/10/10, 25/11/10, 03/12/10, 06/12/10 e 20/01/11)

Jogadores que disputaram jogos em competições oficiais pelo Figueirense a partir de 1921.
Técnicos, auxiliares técnicos, massagistas, médicos, preparadores físicos, treinadores de goleiros e dirigentes.
dados estão incompletos, podendo ocorrer erros de escrita ou confusões de nomes.Escolha a letra inicial do nome do profissional a ser pesquisado, e encontrará : a posição que jogou (atleta), o cargo que ocupou (técnico, auxiliar, preparador, diretor, médico), seu nome completo, data e local de nascimento e período em que atuou no Figueirense.

DENNYS
Dennys Rodrigues
Natural: Florianópolis-SC (18/04/1978)
Goleiro
Clubes: Avaí-SC (1997), Figueirense (1998), Fortaleza-CE (1999), Marcílio Dias-SC (2000 e 2001), Guarani de Palhoça-SC (2002 e 2003), Santa Cruz-PE (2004 e 2005), Itabaiana-SE (2006), Canedense-GO (2007), Galícia-BA (2007), Camaçari-BA (2008), AC Oulu-Finlândia (2008 a 2011)
FILIPE
Filipe Sprotte
Natural: Araquari-SC (27/01/1989)
Lateral Esquerdo e Meia
Clubes: Cruzeiro-MG (categorias de base 2001 a 2005), Figueirense (categorias de base 2006 e 2007), Juventude-RS (categorias de base 2008 e 2009), Al Markhita-Qatar (2009 e 2010), Joinville-SC (2010 e 2011)
GUSTAVO NEVES
Gustavo Silva Neves
Assessor de Imprensa
Clube: Figueirense (2008 a 2010)
LENNY
Lenny Fernandes Coelho
Natural: Rio de Janeiro-RJ (23/03/1988)
Atacante
Clubes: Fluminense-RJ (2005 a 2007), Braga-Portugal (2007), Palmeiras-SP (2008 a 2010), Figueirense (2011)
MARCELINHO
Meia
Clubes: Sinope-MT (1992 e 1994), Figueirense (1993)
MARCELINHO
Marcelo da Silva Santos
Natural: Garopaba-SC (30/11/1978)
Meia
Clubes: Figueirense (categorias de base 1997 a 1999; profissional 1999), Atlético-PR (disputou a Taça SP de Juniores emprestado em 1999), Biguaçu-SC (1999), Marcílio Dias-SC (2000, 2002 e 2006), Songnam Ilhwa-Coréia do Sul (2000), Criciúma-SC (2001), ABC-RN (2002 e 2008), Londrina-PR (2002 e 2003), XV de Novembro de Jaú-SC, Bella Vista-Uruguai, Vila Nova-GO (2006), Ituano-SP (2003), Vitória-BA (2004), Joinville-SC (2005, 2006, 2008, 2009 e 2010), Novo Hamburgo-RS (2007), El Shabab-Emirados Árabes (2009), Al Nasser-Kuwait (2010)
Campeão Catarinense em 1999 pelo Figueirense.
MARCELINHO
Marcelo de Souza Ramos
Natural: Jundiaí do Sul-PR (25/02/1978)
Meia
Clubes: Atlético-PR (1998, 1999 e 2004), Lousano Paulista-SP (1998), Vila Nova-GO (2000), Santo André-SP (2000), Figueirense (2001 e 2002), Avaí-SC (2003), União São João de Araras-SP (2004), Necaxa-México (2004 e 2005), Olmedo-Equador (2005), Paraná Clube-PR (2006), Bahia-BA (2007), Joinville-SC (2007), Foz do Iguaçú-PR (2009), Ypiranga-RS (2010)
Campeão Catarinense de 2002 pelo Figueirense.
MARCELINHO
Marcelo Roberto Lima de Mattos
Natural: Palmital-SP (24/10/1986)
Meia
Clubes: PSTC-PR (categorias de base), Atlético-PR (categorias de base), Figueirense (categorias de base e profissional), Engenheiro Beltrão-PR, Atlético de Sorocaba-SP (2007), Náutico-PR (2008), J. Malucelli-PR, Criciúma-SC (2009), Campinense-PB (2009)
MARCELO
Goleiro
Clubes: Vasco da Gama-RJ, Volta Redonda-RJ, Figueirense (1993)
MARCELO
Marcelo Macedo Nascimento
Atacante
Clubes: Fluminense-RJ (2003 e 2004), Seongnam Ilhwa-Coréia do Sul (2004 e 2005), Atlas-México (2005 e 2006), Flamengo-RJ (2006), Atlético-PR (2007), Madureira-RJ (2007), Ipatinga-MG (2008), Passenraikos-Grécia (2008), Figueirense (2009)
MARCELO
Marcelo Oliveira Faria
Natural: Rio de Janeiro-RJ
Lateral Esquerdo
Clubes: Flamengo-RJ, Tupy de Juiz de Fora-MG (1988 e 1989), Figueirense (1990 e 1991), Avaí-SC (1992)
MARCELO BRITO
Centroavante
Clubes: União São João de Araras-SP (1992 e 1993), Figueirense (1993), Desportiva-ES, Fortaleza-CE (1994)
MARCELO HAVIARAS
Marcelo Haviaras
Natural: Florianópolis-SC
Estagiário de Administração nas Categorias de Base e Profissional: Figueirense (2000 a 2002)
Coordenador Administrativo de Futebol Profissional: Figueirense (2007 e 2008)
Supervisor de Futebol: Figueirense (2003 a 2006), Juventus de Jaraguá do Sul-SC (2009 e 2010)
Formação Acadêmica: Graduação - Administração de Empresas pela UNIVALI (2002), Pós-Graduação - Gestão Marketing no Esporte (2006)
MARCELO NICÁCIO
Marcelo da Paixão Ramos Nicácio
Atacante
Clubes: Bahia-BA (2003 a 2006), Skoda Xanthi-Grécia (2005), Votoraty-SP (2006), CRB-AL (2007), América-RN, Atlético-MG (2008), Fortaleza-CE (2009), Figueirense (2010), Ceará-CE (2010 e 2011)
Jogou pela Seleção Brasileira Sub-20 (2002)
MARCELO ORLANDO
Marcelo Orlando
Meio Campo
Clubes: Penapolense-SP, Figueirense (1996)
MARCELO RÉGIS
Marcelo Régis de Souza
Natural: Francisco Beltrão-PR (08/10/1982)
Atacante
Clubes: Francisco Beltrão-PR (2001, 2002 e 2004), Figueirense (2002 e 2003), Atlético-PR (2004 e 2005), Galo Maringá-PR (2006), Joinville-SC (2007), Santo André-SP (2007), Atlético de Ibirama-SC (2008), Lustenau-Austria (2008), Mogi Mirim-SP (2009), Brasil de Pelotas-RS (2009), Uberlândia-MG (2010)
Campeão Catarinense de 2003 pelo Figueirense.
MARCELO SILVA
Zagueiro
Clubes: Veranópolis-RS, Figueirense (1997)
Jogou pela Seleção Brasileira de Juniores.
RENATO
Renato de Araújo Chaves Júnior
Natural: São Paulo-SP (04/05/1990)
Zagueiro
Clubes: Corinthians-SP (categorias de base 1998 a 2009; profissional 2010), Bahia-BA (2010), Figueirense (2011)
Jogou pela Seleção Brasileira Sub-20 (2009)






terça-feira, 25 de janeiro de 2011

DISTINTIVOS (ESCUDOS)


O Blog Sangue Azul, dedicado ao Grêmio de Porto Alegre (http://gremista-sangueazul.blogspot.com), lançou o Bolão das Notas. Nele, o torcedor dá notas a vários quesitos dos 20 clubes da Série A do Brasileirão. No quesito Escudos (votação já encerrada), o Figueirense Futebol Clube ganhou nota 7,5 com a seguinte observação do Blog Sangue Azul : "Bonito escudo em branco, preto e verde. O FFC encima da árvore, no centro do escudo, significa Figueirense Futebol Clube".
Por outro lado, o Avaí FC teve nota 6, e mereceu o seguinte comentário do Blog Gremista: "Escudo simples demais. Nome do time ficou pequeno demais".
Os critérios adotados para a escolha foram: originalidade, beleza e cores. O internauta votou, de 0 a 10.
O resultado final:

América-MG = 8
Atlético-GO = 5,5
Atlético-MG = 6,5
Atlético-PR = 7,5
Avaí-SC = 6
Bahia-BA = 6
Botafogo=RJ = 5
Ceará-CE = 5,5
Corinthians-SP = 7,5
Coritiba-PR = 7
Cruzeiro-MG = 7,5
Figueirense-SC = 7,5
Flamengo-RJ = 8
Fluminense-RJ = 9,5
Grêmio-RS = 7,5
Internacional-RS = 7,5
Palmeiras-SP = 7,5
Santos-SP = 6,5
São Paulo-SP = 6,5
Vasco da Gama-RJ = 8













Já que falei da enquete promovida pelo Blog do Giovani Mattiollo (http://gremista-sangueazul.blogspot.com), aproveito a oportunidade para falar um pouco sobre o escudo do Figueirense Futebol Clube.
O primeiro distintivo do Figueirense era semelhante ao do Botafogo-RJ, com as letras F.F.C. entrelaçadas na cor branca com fundo preto, este distintivo foi utilizado até o ano de 1939. Na década de 40 o distintivo era apenas uma letra F preta com fundo branco e vice-versa. Nas décadas de 50 e 60 o distintivo utilizado tinha um fundo com listras diagonais em preto e branco sobreposto por uma faixa transversal com a inscrição F.F.C. A partir de 1972, o Figueirense Futebol Clube passou a apresentar no seu escudo o desenho de uma figueira, caracterizando perfeitamente a sua origem.
Abaixo, veja a evolução do distintivo do Figueirense:












































































segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

VIRA-CASACA



Ao longo da história do confronto Figueirense Futebol Clube x Avaí Futebol Clube são muitos os jogadores que já mudaram de lado. São os vira-casaca: aqueles atletas que já defenderam um time e, depois, foram vestir a camisa do rival da cidade.
Vale ressaltar que, independentemente da rivalidade que existe entre o Figueirense e o Avaí, os jogadores sempre respeitaram o clube adversário. E quando trocam de lado existe também um grande respeito ao ex-clube, pelas amizades que eles deixaram.
Temos exemplos de jogadores que mesmo tendo sido ídolos num clube, quando passaram a defender o rival não sofreram perseguição da torcida que pudesse criar uma situação ruim no ambiente de trabalho. A torcida entende que no futebol, o profissionalismo é o mais importante.ALBENEIR E ADILSON HELENO

Os dois casos mais famosos de vira-casaca envolveram o atacante Albeneir e o meia Adílson Heleno, dois dos maiores craques do futebol de Florianópolis.
Em 1991, o ídolo da torcida avaiana Adílson Heleno atravessou a ponte e foi parar no Figueirense.
Já Albeneir, ídolo da massa alvinegra, se transferiu para o Avaí em 1992.
Além dos dois, outros jogadores envolvidos na rivalidade do futebol de Florianópolis já estiveram do outro lado.
Assim, o Blog fez um levantamento e a seguir você conhecerá os principais vira-casaca da história de Figueirense x Avaí:

PROCEDÊNCIA: FIGUEIRENSE - DESTINO: AVAÍ
Adairton - zagueiro
Ademir Patrício - atacante
Adriano Raio - atacante
Alaércio - volante
Albeneir - atacante
Alcides - goleiro
Adão - meia
Alexandre Pavão - goleiro
Alexandre Silva - volante
Almir Gil - meia
André - atacante
Ary - goleiro
Assis - lateral esquerdo
Balduíno - meia
Beck - meia
Beto - Goleiro
Bi - zagueiro
Bitinho - meia
Braulino - goleiro
Britinho - atacante
Caco - atacante
Carlos Roberto - atacante
Cecato - meia
Chocolate - lateral esquerdo
Cláudio - meia
Cristiano - goleiro
Dias - meia
Edinho - lateral direito
Evandro - zagueiro
Fabinho - meia
Fernando - atacante
Flávio - atacante
Genílson - atacante
Gílson Batata - atacante
Guilherme - atacante
Guilherme Siqueira - lateral esquerdo
Herrera - atacante
Isaac - lateral esquerdo
Isaac Ulmer - lateral direito
Itamar Gaúcho - meia
Jefferson Douglas - meia
João Caetano - meia
João Carlos - atacante
Jocely - goleiro
Jorge Alemão - lateral esquerdo
Juca - zagueiro
Julinho Camargo - atacante
Lauro Soncini - atacante
Léo Mineiro - volante
Lico - atacante
Lisboa - atacante
Loló - meia
Luiz Éverton - meia
Mão de Onça - goleiro
Marcelinho - meia
Marcelo - lateral esquerdo
Marcelo Silva - meia
Marcinho - volante
Márcio - goleiro
Márcio Goiano - zagueiro
Marquinho Paraná - meia
Marreco - meia
Mauro Ovelha - zagueiro
Meira - zagueiro
Moraci - zagueiro
Narcisio - atacante
Nede - meia
Niltinho - meia
Otávio - meia
Oscar - meia
Paulão - zagueiro
Pedro Paulo - zagueiro
Perivaldo - volante
Pirillo - atacante
Rafael Cadorim - lateral esquerdo
Rafael Coelho - atacante
Raulzinho - lateral direito
Renato - atacante
Roberto - atacante
Rodrigo - atacante
Rodrigo Thiesen - volante
Rudinei - volante
Sabará - meia
Sado - atacante
Silva - atacante
Souza - lateral direito e meia
Tatu - goleiro
Thiago Silvy - atacante
Tião - atacante
Tonho Gil - meia
Toninho Cajuru - atacante
Toto - volante
Tullo Cavallazzi - atacante
Vico - lateral direito
Wellington - goleiro
Zilton - zagueiro

PROCEDÊNCIA: AVAÍ - DESTINO: FIGUEIRENSE
Adílson Heleno - meia
Adriano - atacante
Alê Lopes - zagueiro
Amarildo - atacante
Américo - meia
Binha - lateral esquerdo
Bira Lopes - meia
Braulio - meia
Claudiomir - atacante
Cordeiro - zagueiro
Danda - zagueiro
Dão - atacante
Diego - atacante
Edinho - lateral direito
Edno - lateral esquerdo e meia
Edson Borges - atacante
Egon - Goleiro
Erico - meia
Fausto Newton - atacante
Gerson - zagueiro
Gersinho - atacante
Jacó - atacante
Jaíco - zagueiro
Jerry - meia
José Amorim - meia
Juarez - atacante
Juti - atacante
Lourival - volante
Lucio - lateral direito
Luizinho - zagueiro
Michel Schumacher - goleiro
Moacir - volante
Moenda - zagueiro
Moraci - atacante
Morelli - atacante
Nando - atacante
Neném - meia
Nivaldo - atacante
Otacílio - meia
Osmari - meia
Paulinho - atacante
Paulo Sérgio - lateral direito
Pereira - volante
Polaco - zagueiro
Raul - zagueiro
Renato Sá - atacante
Ricardo - lateral esquerdo e meia
Ricardo Camarão - lateral esquerdo
Roberto Nunes - meia
Rodrigues - atacante
Rodriguinho - atacante
Rogério - atacante
Sandro - atacante
Sandro Ventura - meia
Sérgio Márcio - zagueiro
Solano - meia
Toninho Quintino -atacante
Waldir - zagueiro











































quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

BIOGRAFIA - PARTE XLVII




PROFISSIONAIS DO FIGUEIRENSE FUTEBOL CLUBE



(Continuação das postagens dos dias 19/12/09, 28/03/10, 28/05/10, 17/07/10, 18/07/10, 19/07/10, 21/07/10, 22/07/10, 23/07/10, 24/07/10, 26/07/10, 27/07/10, 28/07/10, 29/07/10, 30/07/10, 31/07/10, 02/08/10, 03/08/10, 04/08/10, 05/08/10, 09/08/10, 10/08/10, 11/08/10, 12/08/10, 13/08/10, 16/08/10, 17/08/10, 18/08/10, 19/08/10, 20/08/10, 23/08/10, 24/08/10, 25/08/10, 26/08/10, 27/08/10, 31/08/10 , 01/09/10, 02/09/10, 20/09/10, 28/09/10 , 30/09/10, 08/10/10, 13/10/10, 25/11/10, 03/12/10 e 06/12/10)

Jogadores que disputaram jogos em competições oficiais pelo Figueirense a partir de 1921.
Técnicos, auxiliares técnicos, massagistas, médicos, preparadores físicos, treinadores de goleiros e dirigentes.
dados estão incompletos, podendo ocorrer erros de escrita ou confusões de nomes.Escolha a letra inicial do nome do profissional a ser pesquisado, e encontrará : a posição que jogou (atleta), o cargo que ocupou (técnico, auxiliar, preparador, diretor, médico), seu nome completo, data e local de nascimento e período em que atuou no Figueirense.
ADRIANOAdriano Júnior Pereira
Natural: Marília-SP
Atacante
Clubes: Palmeiras-SP, Atlético Hermann Aichinger-SC (1994 e 1995), Chapecoense-SC (1995 e 1997), Figueirense (1996), Esportivo-RS, Juventude-RS (1998), Atlético Alto Vale-SC (1999)
ADRIANO
Adriano L. S. da Silveira
Lateral Esquerdo
Clubes: Grêmio-RS, Figueirense (1992)
ADRIANO
Adriano Luís Spadoto
Natural: Piracicaba-SP (09/02/1977)
Lateral Direito
Clubes: Guarani-SP (1994 a 1996 e 2005), Mogi Mirim-SP (1996), Mamoré-MG (1996), Cruzeiro-MG (1997), Paranavaí-PR (1998 e 2007), Malutom-PR (1999 a 2002), Figueirense (2002), Santa Cruz-PE (2003 e 2004), Remo-PA (2004), Sport-PE (2004), Thun-Suiça (2005 e 2006), FC Zorya Luhansk-Ucrânia (2006), Fortaleza-CE (2007), Mirassol-SP (2007 e 2008)Superintendente de futebol do Mirassol-SP (2009 e 2010)
ADRIANO
Adriano Padilha Nascimento
Natural: Alegrete-RS (20/06/1980)
Atacante
Clubes: Grêmio-RS (1998 a 2003), São José-RS (2001), Chapecoense-SC, Ituano-SP (2002), Gama-DF, Avaí-SC, América-RN, Atlético Hermann Aichinger-SC (2004 e 2005), Figueirense (2005), Saturn-Rússia (2006), Büyüksehir-Turquia (2007), Denizlispor-Turquia (2007), Istambul Belediyse-Turquia (2007 a 2009), Paraná Clube-PR (2009), Baki-Azerbaijão (2010)
ADRIANO GABIRU
Carlos Adriano de Souza Vieira
Natural: Maceió-AL (11/08/1977)
Meia
Clubes: CSA-AL (1996 e 1997), Atlético-PR (1998 a 2000, 2002, 2003 e 2005), Olympique de Marseille-França (2001), Cruzeiro-MG (2004 e 2005), Internacional-RS (2006 e 2007), Figueirense (2007), Sport-PE (2007), Goiás-GO (2008), Guarani-SP (2009), Mixto-MT (2010), Corinthians-PR (2011)
ADRIANO RAIO
Adriano de Jesus Fernandes
Natural: Campinas-SP (22/01/1975)
Atacante
Clubes: Guarani-SP, Santos-SP, Celaya-México, Elche-Espanha, Toros-México, Figueirense (1999 e 2000), América-RN (2001), Avaí-SC (2002)
ADRIANO RAMOS
Adriano Ramos Ribeiro Martins
Natural: São João Nepomuceno-MG (25/09/1977)
Atacante
Clubes: Juventus-SP, Santos-SP, Fluminense-RJ, Biguaçu-SC (1999), Figueirense (2000), Taubaté-SP, Prudentópolis-PR (2002), Joinville-SC (2003), Remo-PR, União Barbarense-SP, Francana-SP, Veranópolis-RS, Marcílio Dias-SC (2005)
ADRIANO SELLAAdriano Sella de Souza
Natural: Londrina-PR (19/07/1981)
Lateral Direito
Clubes: Londrina-PR ( categorias de base), Joinville-SC (1998 categorias de base), União Barbarense-SP (1998 e 1999 categorias de base), Figueirense (2000 e 2001 categorias de base; 2002 e 2003 profissional), CRB-AL (2002), Paraná-PR (2004), União Bandeirantes-PR (2005), Americano-RJ (2005 a 2007), Anápolis-GO, Cleveland City Stars-EUA (2008), Vila Nova-GO, Brasil de Pelotas-RS (2009)
Campeão Catarinense de 2003 pelo Figueirense.
ALEXANDREAlexandre Garcia Ribeiro
Natural: Araçatuba-SP (08/05/1984)
Atacante
Clubes: Bandeirante-SP (2005 categorias de base), Figueirense (2005 categorias de base; 2006 a 2008 profissional), Guaratinguetá-SP (2007), ABC-RN (2008), Daejeon-Coreia (2009)
Campeão Catarinense de 2006 e 2008 pelo Figueirense.
ALEXANDRE GALLO
Alexandre Tadeu Gallo
Natural: Ribeirão Preto-SP (29/05/1967)
Técnico
Clubes: Villa Nova-MG (2003 e 2004), Portuguesa-SP (2005), Santos-SP (2005), FC Tokyo-Japão (2006), Sport-PE (2007), Internacional-RS (2007), Figueirense (2007 e 2008), Atlético-MG (2008), Bahia-BA (2009), Santo André-SP (2009), Náutico-PE (2010), Al Ain-Emirados Árabes (2011)
Auxiliar Técnico: Corinthians-SP (2002), Grêmio-RS (2003), Santos-SP (2004 e 2005)
Ex-jogador (volante): Botafogo-SP (1986 a 1991 e 1992), Vitória-BA (1991), Santos-SP (1992 a 1996), Portuguesa-SP (1996), Guarani-SP (1997), São Paulo-SP (1997 e 1998), Botafogo-RJ (1999), Atlético-MG (1999 e 2000) e Corinthians-SP (2001)
Campeão Catarinense pelo Figueirense em 2008.
ALEXANDRE GAÚCHO
Alexandre de Ávila Vieira
Natural: Pelotas-RS (20/06/1969)
Meia Esquerda
Clubes: Pelotas-RS (1990, 1991 e 1993), Goiás-GO (1992), Internacional-RS (1994), Grêmio-RS (1995 e 1998), Araçatuba-SP (1996, 1997 e 1998), Guarani-SP (1996 e 1997), Juventude-RS (1997 e 1998), Rio Branco-SP (1998), Internacional-SP (1999), Santo André-SP (1999), Gama-DF (1999 e 2002), Botafogo-RJ (2000 a 2002), Flamengo-RJ (2001), Portuguesa-SP (2003), Nacional-AM (2003), Figueirense (2004), São Raimundo-AM (2005 e 2006), Volta Redonda-RJ (2006)
ALEXANDRE ROSAAlexandre Ricardo Rosa
Natural: São Paulo-SP (06/05/1971)
Zagueiro
Clubes: Caxias-RS (1990), Palmeiras-SP (1992 a 1995), Santo André-SP (1996), Ponte Preta-SP (1997), Crac-GO (1998), Figueirense (1998, 1999 e 2000), Caxias de Joinville-SC (2002)
Campeão Catarinense de 1999 pelo Figueirense.
ALEXANDRE SILVAAlexandre de Oliveira Silva
Natural: Leopoldina-MG (03/05/1974)
Volante
Clubes: Paulista-SP (1994), Palmeiras-SP (1995), Bragantino-SP (1996), Lousano Paulista-SP (1997), Botafogo-SP (1998 e 1999), Atlético-PR (1998), Matonense-SP (2000), Figueirense (2001), América-MG (2001 e 2002), São Bento-SP (2003), Avaí-SC (2003)
BRUNO NEVES
Bruno Neves Ramos Rangel
Natural: Majé-RJ (26/01/1990)
Volante
Clubes: Fluminense-RJ (categorias de base 2009 e 2010; profissional 2010), Figueirense (2011)
RODRIGO PRISCO
Rodrigo Meyer Prisco Paraíso
Natural: Florianópolis-SC
Clubes: Figueirense: Vice-Presidente de Futebol Profissional do Figueirense (2004 a 2005)
Diretor Superintendente da Figueirense Participações ( 2007 e 2008).
THIAGO DIVANENKO
Thiago Camargo Divanenko
Natural:
Vice-Presidente de Futebol de Base do Figueirense (2004 a 2007)
Vice-Presidente de Futebol do Figueirense (2008)
Diretor Presidente da Figueirense Participações (2009)
WASHINGTON
Washington Santana da Silva
Natural: São Paulo-SP (20/01/1989)
Meia Atacante
Clubes: Figueirense (categorias de base 2005 e 2006; profissional 2010 e 2011), Força Sindical-SP (2007 a 2008), FK Teleoptik Lemun-Sérvia (2008 a 2010), Botafogo-RJ (2010)
WILLIAM ROCHA
William Rocha
Natural: Abadia dos Dourados-MG (01/04/1989)
Zagueiro e Volante
Clubes: Paulista-SP (2009 e 2010), Fluminense-RJ (2010), Figueirense (2011)

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

EX-JOGADOR REVELA CRAQUES



EDSON MACCARI, EX-JOGADOR DO FIGUEIRENSE, HÁ OITO ANOS É O RESPONSÁVEL PELA ESCOLINHA FIGUEIRABOL QUE REVELA ATLETAS PARA AS EQUIPES DE BASE DO ALVINEGRO


Um trabalho louvável, organizado pelo ex-jogador do Figueirense Edson Maccari, oferece suporte para o desenvolvimento social, educacional e esportivo de crianças e adolescentes da Região Sul de Santa Catarina.
A parceria com o Figueirense Futebol Clube nasceu em setembro de 2003, com a implantação de Núcleos de Centro de Treinamento nos municípios de Tubarão, Braço do Norte, Cocal do Sul, Grão Pará, Gravatal, Orleans e Rio Fortuna. Os Núcleos tem como missão a formação de atletas de futebol, orientados por profissionais com experiência neste esporte.
As atividades oferecidas pelo Centro de Educação e Formação de Atletas Figueirabol estimulam as potencialidades e amplia as opções ocupacionais e profissionais, levando os alunos a aquisição de conhecimentos e habilidades que possibilitem o domínio de técnicas sócio-esportivas que atendam as exigências do mercado de trabalho. Nas Escolinhas do Figueirense os jovens recebem uma formação esportiva e uma formação humana.
O Centro de Educação e Formação de Atletas Figueirabol oferece aos atletas trabalhos técnicos com aulas práticas e teóricas de fundamentos básicos como: chute, passe, domínio, cabeceio, marcação, faltas, penalti, cruzamentos, explosão, velocidade, etc. Os alunos também participam de trabalhos físicos, planejados conforme a categoria e preparação em geral (moral, psíquica e emocional), com a orientação de profissionais de experiência e currículo que estão preparados para o desenvolvimento de jovens talentos.
O Centro de Educação e Formação de Atletas Figueirabol desenvolve projetos e parcerias com empresas e prefeituras da Região Sul. A Escolinha de Futebol também investe no lado social, fazendo testes com atletas (crianças e adolescentes) de famílias de baixa renda, nascidos nos anos de 1994 a 2005, matriculados em escolas da rede pública, incentivando à pratica do futebol e ajudando a combater a evasão e repetência escolar. O objetivo da Escolinha do Figueirense é resgatar a consciência de cidadania através do esporte, da cultura e do lazer, trabalhando para que os jovens tenham uma vida digna e sejam verdadeiros cidadãos.

A Escolinha de Futebol coordenada por Edson Maccari (foto), além de formar atletas para as divisões de base do Figueirense, tem como objetivo central o "Esporte e Educação", e não, o "Esporte Competição", formando primeiro o "Indivíduo" para a Sociedade e depois o "Atleta", possibilitando a sua realização plenamente, divulgando e demonstrando cada uma de suas capacidades e potencialidades.
Quem quiser conhecer melhor o trabalho do Centro de Educação e Formação de Atletas Figueirabol, poderá entrar em contato através dos telefones 48-3658-8052, 99567118, 84649996, ou pelo endereço eletrônico figueirabol@figueirabol.com.br , visite também o site www.figueirabol.com.br
Aos professores e aos jovens do Figueirabol, o Blog deseja muito sucesso.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

A EXPERIÊNCIA DE RENAN A SERVIÇO DO FIGUEIRENSE


DIRETORIA APOSTA EM RENAN PARA PROMOVER O CLUBE. A MISSÃO DELE É EXPOR A MARCA FIGUEIRENSE E ATRAIR UM GRANDE NÚMERO DE NEGÓCIOS



O Figueirense Futebol Clube pretende apostar no marketing. Com a reformulação e reestruturação do organograma do departamento de futebol o clube contratou o profissional Renan Dal Zotto, experiente na área para elaborar extratégias específicas para os negócios relacionados ao marketing esportivo. Renan, que já ocupou o cargo de diretor de marketing no clube alvinegro, foi contratado pelo clube no início deste mês para comandar a diretoria de operações. Com sua criatividade e competência para alavancar os negócios no Figueirense, o dirigente será responsável por supervisionar todas as áreas do time, desde o departamento de futebol até o marketing.
Renan assumiu em tempo integral o cargo de diretor de operações. Ele já prestava serviços ao Figueirense como consultor, função que exercia desde o início de 2009.
Como diretor de operações e marketing, Renan Dal Zotto vai trabalhar para atrair investidores, cuidar das parcerias e buscar recursos e projetos paralelos para fazer com que a instituição Figueirense Futebol Clube cresça.
Renan Dal Zotto, nasceu em São Leopoldo-RS, em 19 de julho de 1960. Foi jogador de vôlei entre 1980 e 1990. Posteriormente, Renan assumiu, em 1993, a condição de técnico de vôlei. A migração para o marketing, de fato, só ocorreu em 2009. Foi um dos fundadores do vitorioso projeto de vôlei da Cimed que se tornou um case de sucesso Mundial.
O fato de ter sido responsável pela gestão do time de vôlei da Cimed faz com que tenha profundos conhecimentos sobre o assunto. Está surgindo uma nova era para o Figueirense. Os anos de experiência e conquistas que Renan somou pela Cimed serão importantes para o Figueirense. Bom que a diretoria do clube conseguiu exergar todo esse potencial.




















































































segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

DOS JOGADORES DO FIGUEIRA, QUEM SE DESTACOU EM 2010 E PODE REPETIR O BOM FUTEBOL EM 2011?




O Figueirense Futebol Clube manteve a base do ano passado e ainda comemora o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro. Em 2011, a torcida alvinegra tem motivação de sobra para chegar ao título do Campeonato Catarinense. A boa expectativa se deve pelo fato do clube ter mantido a base e o técnico Márcio Goiano. Embora não conte com a presença do lateral direito Lucas (foi para o Botafogo-RJ), do meia atacante Roberto Firmino (revelação da Série B, vendido ao Hoffenheim-Alemanha) e do meia Willian (se trasferiu para o Corinthians-SP), o time do Figueirense conta com jogadores que foram destaques em 2010. Será que eles podem repetir o bom futebol em 2011?
Com jogadores como Wilson, Roger Carvalho, Juninho, Ygor, Maicon e Reinaldo a torcida do Figueirense tem muita esperança de um bom Campeonato Catarinense. Esperamos que eles mantenham a boa forma este ano.
WILSON: Um dos destaques na campanha do acesso do Figueirense à Série A do Brasileirão foi o goleiro Wilson com suas grandes defesas. O goleirão foi peça decisiva na conquista do Vice-campeonato da Série B. Wilson quer repetir o bom retrospecto da temporada passada.
ROGER CARVALHO: Comandou o sistema defensivo do Figueirense e foi um dos responsáveis pelo acesso à Série A. Tem tudo para repetir o bom momento que viveu no ano passado.
JUNINHO: Um dos grandes destaques do time de 2010 e que promete jogar ainda mais em 2011 é o lateral esquerdo Juninho. Tem tudo para repetir a boa performance do ano passado.
YGOR: O volante Ygor foi um importante destaque da equipe alvinegra em 2010. Com muita determinação e raça, o atleta deve repetir o bom desempenho nesta temporada.
MAICON: Com estilo de jogo de toque de bola refinado, o meio campista Maicon foi determinante para o acesso do Figueirense à Série A. Em 2011 tem tudo para ser um dos melhores do time.
REINALDO: Em 2010, o experiente atacante foi um reforço que qualificou o sistema ofensivo do Figueirense. Com boa presença de área e oportunismo, o camisa nove ajudou o alvinegro a subir para a Série A do Brasileirão. Em 2011 a torcida espera que ele repita o bom futebol do ano passado.






sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

HORA DO DESEMPATE


Se ganhar o Estadual, o Figueirense passa a frente em duelo particular com o Avaí. Clubes da Capital são os dois maiores vencedores, com 15 conquistas cada um.



Neste final de semana vai começar o Campeonato Catarinense de Futebol. A fórmula de disputa será a mesma do Estadual de 2010, com dez equipes jogando em Turno e Returno. Os campeões de cada turno, mais dois melhores no índice técnico, avançam às semifinais. O campeão e o vice terão direito à vaga na Copa do Brasil do próximo ano.
Em 2011, o Figueirense Futebol Clube travará uma disputa especial com o Avaí Futebol Clube, seu rival histórico: se for campeão significará abrir vantagem no número de títulos. Em 86 anos de história do Campeonato Catarinense cada equipe venceu em 15 oportunidades. O Figueirense levantou a taça em 1932, 1935, 1936, 1937, 1939, 1941, 1972, 1974, 1994, 1999, 2002, 2003, 2004, 2006 e 2008. Já o Avaí foi campeão nos anos de 1924, 1926, 1927, 1928, 1930, 1942, 1943, 1944, 1945, 1973, 1975, 1988, 1997, 2009 e 2010.
O Figueirense entra na disputa como um dos favoritos. Com a base do time que subiu para a Série A do Brasileirão mantida e com a chegada de alguns reforços, o Alvinegro da início a busca por mais um título Estadual neste domingo. O time do técnico Márcio Goiano estreia contra o Metropolitano, na cidade de Blumenau.
O Figueira foi campeão Estadual pela última vez em 2008, quando venceu o Criciúma Esporte Clube na final. De lá para cá, o Alvinegro viu o Avaí conquistar os títulos de 2009 e 2010.

JOGOS DO FIGUEIRENSE NO CATARINENSE DE 2011
O Campeonato Catarinense de 2011 terá início no dia 15 de janeiro e tem o último jogo da final previsto para o dia 15 de maio.
Confira os jogos do Figueirense:

Turno
16/01/11 – Metropolitano x Figueirense – Estádio do SESI
19/01/11 – Figueirense x Joinville – Estádio Orlando Scarpelli
23/01/11 – Figueirense x Brusque – Estádio Orlando Scarpelli
26/01/11 – Marcílio Dias x Figueirense – Estádio Dr. Hercílio Luz
29/01/11 – Figueirense x Concórdia – Estádio Orlando Scarpelli
02/02/11 – Chapecoense x Figueirense – Estádio Índio Condá
06/02/11 – Figueirense x Avaí – Estádio Orlando Scarpelli
09/02/11 – Criciúma x Figueirense – Estádio Heriberto Hülse
13/02/11 – Figueirense x Imbituba – Estádio Orlando Scarpelli
Returno
05/03/11 – Figueirense x Metropolitano – Estádio Orlando Scarpelli
09/03/11 – Joinville x Figueirense – Arena Joinville
13/03/11 – Brusque x Figueirense – Estádio Augusto Bauer
20/03/11 – Figueirense x Marcílio Dias – Estádio Orlando Scarpelli
23/03/11 – Concórdia x Figueirense – Estádio Domingos Machado de Lima
27/03/11 – Figueirense x Chapecoense – Estádio Orlando Scarpelli
03/04/11 – Avaí x Figueirense – Estádio Aderbal Ramos da Silva
10/04/11 – Figueirense x Criciúma – Estádio Orlando Scarpelli
17/04/11 – Imbituba x Figueirense – Estádio Emilia Mendes Rodrigues




Veja os jogos do alvinegro que serão transmitidos pela TV aberta:

Turno
16/01 – Metropolitano x Figueirense

26/01 – Marcílio Dias x Figueirense

02/02 – Chapecoense x Figueirense

09/02 – Criciúma x Figueirense


Returno
09/03 – Joinville x Figueirense

13/03 – Brusque x Figueirense

23/03 – Concórdia x Figueirense

17/04 – Imbituba x Figueirense


O TIME DO FIGUEIRENSE PARA O ESTADUAL

Goleiros: Wilson e Ricardo
Zagueiros: Alexandre, João Paulo, Rafhael, Renato, Breno e Roger Carvalho
Laterais: Bruno Vieira, Carlinhos, Juninho, Helder e Leo
Volantes: Bruno Neves, Diego Paulista, Guti, Jackson Sousa, Coutinho, Túlio e Ygor
Meias: Felipe Gabriel, Talhetti, Maicon, Breitner, Willian Rocha, Wilson Pittoni e Fernandes
Atacantes: Héber, Reinaldo, Wellington, Lenny, Juninho e Dudu
Treinador: Márcio Goiano




quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

CLUBES HOMÔNIMOS

CLUBES QUE SE INSPIRARAM NO FIGUEIRENSE
Pelo Brasil afora existem alguns times de futebol que escolheram o Figueirense Futebol Clube como inspiração. Quando foram fundados, esses clubes homenagearam o Alvinegro de Florianópolis, e seus nomes são homônimos ao clube mais popular de Santa Catarina. Entre eles, o Blog destaca dois homônimos bem conhecidos: Em Campina Grande, na Paraíba, Figueirense Futebol Clube dá nome a clube amador. O outro homônimo foi fundado em São João del Rei, em Minas Gerais. Os dois são Alvinegros, como o time catarinense.
Vamos conhecer um pouco mais sobre esses clubes:


Figueirense Futebol Clube
Fundação: 23/09/1973
Endereço: Rua da Cerâmica, 155, Santa Rosa, Campina Grande-PB
Presidente e Fundador: Toinho do Figueirense
Principais Títulos: Tri-campeão do Campeonato de Santa Rosa, Tetra-campeão da Cidade, Tetra-campeão da Copa de Santa Rosa.



HISTÓRICO:
Em um período em que o futebol amador do bairro de Santa Rosa passava grande deficiência técnica, numa discussão sobre o assunto na casa de Toinho uma turma de jovens peladeiros formada pelo próprio Toinho, Célio, Vilmar, Aurélio, Galego, Branco e Sargento Antônio, depois de muita conversa e afim de resolver o problema do bairro resolveram de comum acordo formar uma equipe de futebol forte com intuito de representar o bairro com dignidade nos campeonatos amadores de Campina Grande, o desentendimento naquele momento agora era o nome do time, Flamengo gritou um membro, Vasco replicou outro, até que Vilmar entendido sobre o assunto, sugeriu o nome de Figueirense que rapidamente foi aceito por todos os presentes, seguindo as mesmas cores do Figueirense Futebol Clube de Santa Catarina, ou seja branco e preto, então no dia 23/09/1973 é fundado o Figueirense Futebol Clube de Santa Rosa. O primeiro jogo da equipe foi realizado na cidade de Boqueirão em 1973. Com o passar do tempo e com o apoio dos apaixonados desportistas, verdadeiros baluartes como Toinho, Sargento Antônio, Mocinho, Dedé, Júlio César, Edvânio, Timbúcio, Wendel, Manoel Braz, Paulo Borges, Juarez, Marcelo e Josenildo, tornaram o Figueirense de Santa Rosa um dos maiores e melhores times de futebol amador de Campina Grande.
O Blog homenageia Antônio Guilherme Nunes, o popular "Toinho do Figueirense", presidente e fundador do Figueirense da Paraíba, grande incentivador do esporte amador no bairro Santa Rosa. Toinho é um amante do futebol. O futebol amador reconhece a sua grande importância.
Figueirense Esporte Clube
Fundação: 26/10/1975
Endereço: Rua Ouro Preto, s/nº, Bom Pastor, São João del Rei-MG
Principal Título: Campeão Regional em 2003


HISTÓRICO:
O Figueirense Esporte Clube de São João del Rei-MG foi fundado em 26 de outubro de 1975. Suas cores são o preto e branco, exatamente em homenagem e simpatia ao grande Figueirense Futebol Clube de Florianópolis. Desde sua fundação até o ano de 2000 o clube só disputou campeonatos locais. Em 2001, começou a disputar uma tradiconal competição Regional promovida pela Filiada da Rede Globo de Televisão, de Juiz de Fora-MG. No primeiro ano ficou na 6ª colocação. Em 2002, conseguiu o vice-campeonato, ano que teve como destaque o zagueiro André Luiz, que naquele mesmo ano assinou contrato com o Clube Atlético Mineiro e hoje joga no Nancy da França. Em 2003, conseguiu o título Regional. Em 2004, mais uma vez foi vice-campeão, revelando o meia atacante Leandro Bocão, que atuou em vários clubes, entre eles o Paraná Clube na Série B do Brasileirão/2010. Em 2005, o Figueirense de São João del Rei filiou-se na Federação Mineira de Futebol (FMF) e na CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Ainda em 2005, foi o 5º colocado no Campeonato Regional e também disputou a 2ª Divisão do Campeonato Mineiro de Futebol, organizado pela FMF. Em 2006, no Regional chegou em 5º lugar e no Campeonato Mineiro da Segunda Divisão ficou entre os 8 melhores colocados na competição que reuniu 18 equipes. Em 2007, no Campeonato Regional perdeu a classificação nas semi finais nas cobranças de penaltis, e na 2ª Divisão de Profissionais da FMF conseguiu revelar o atleta Thiago Galhardo, que está atuando no Bangu do Rio de Janeiro desde 2009.
Todas as informações sobre o Figueirense de Minas Gerais foram repassadas pelo diretor do clube, João da Cruz Silva, um baluarte do futebol de São João del Rei, que faz questão de ressaltar que todas as conquistas do clube foram alcançadas com atletas da cidade e com o time treinando apenas duas vezes por semana e somente na parte da noite, devido ao fato de a maioria dos jogadores trabalharem durante o dia. Desde 2008, o time não disputa o Campeonato Mineiro por falta de apoio financeiro e patrocinio. Nesses anos disputou apenas as competições Regionais. Segundo João da Cruz Silva, em 2011 o clube espera uma grande mobilização do comércio local objetivando ajuda financeira para viabilizar a volta do Figueirense à 2ª Divisão que terá seu início no segundo semestre.

























































































quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

PARA RELEMBRAR OS ANOS 50



Os anos 50 foram marcantes para o Figueirense e por isso são lembrados com saudosismo pelos que viveram aquela época. Essa edição do Blog é dedicada a um dos grandes nomes da história alvinegra: Geraldo, que jogou no Alvinegro na década de 50, e, ainda hoje, continua sendo um símbolo do clube.
O Blog também relembra de outro fato marcante daquele período: a excursão que rendeu ao Figueirense o título de "O Invicto de Paranaguá". Geraldo foi um dos destaques do time nessa excursão ao interior do Paraná.


GERALDO, O JOGADOR MAIS REGULAR DO CAMPEONATO CITADINO/1950
Em solenidade realizada na sede da Federação Catarinense de Futebol (FCF) em janeiro de 1951, o Departamento de Futebol da Entidade fez entrega ao jogador Geraldo Fernandes, médio esquerdo do Figueirense Futebol Clube, de uma linda medalha de prata, como prêmio por sua excelente conduta no Campeonato Citadino de 1950, sendo considerado o jogador mais regular da competição, e também o mais disciplinado.
Grande número de amigos e admiradores do popular craque presenciou a cerimônia, tendo Geraldo recebido muitos aplausos dos presentes.
O INVICTO DE PARANAGUÁ
Em 1951, o Figueirense Futebol Clube realizou uma excursão de cinco partidas pela cidade de Paranaguá-PR, com um resultado bastante positivo. Foi a primeira excursão do Figueirense invicta além fronteiras do Estado.
A delegação alvinegra viajou de avião, sendo recepcionada festivamente pela população de Paranaguá, município localizado no litoral do Estado do Paraná, estando a uma distância de 91 Km da Capital Curitiba.
O Figueirense, na época presidido pelo Sr. Osni Ortiga, realizou cinco jogos. Venceu 4 e empatou um. Na volta à Florianópolis, em pleno centro da cidade o Figueirense foi recebido com muita festa pelos torcedores. Um grande foguetório anunciou a chegada da delegação à cidade.
Os jogos do time:
31/03/1951 - Rio Branco 4x4 Figueirense
01/04/1951 - Estiva 1x5 Figueirense
03/04/1951 - Seleto 1x2 Figueirense
06/04/1951 - Seleto 1x3 Figueirense
08/04/1951 - Seleção de Paranaguá 1x3 Figueirense
Time do Figueira: Dolly, Chinês e Garcia; Romeu, Enguiça e Geraldo; Moraci, Betinho, Gil, Braulio e Neném. Técnico: Carlos da Costa Dantas.
Jogaram também: Cordeiro, Ciro, Meirelles e Laudares.


terça-feira, 11 de janeiro de 2011

SOB AS ORDENS DO TENENTE DANTAS



TÉCNICO DANTAS FOI DECISIVO NA CONQUISTA DO CAMPEONATO CITADINO EM 1950

No Campeonato da Cidade de 1950, quando Zinder Nascimento Lins, por motivos alheios à sua vontade, precisou deixar a direção técnica do Figueirense Futebol Clube houve uma certa preocupação. A equipe alvinegra encontrava-se na liderança, sem derrota, e metade do certame estava para ser completado, mas a saída do eficiente técnico não deixava de causar uma espécie de medo e de receio. E não era sem razão. Já vimos após uma troca de treinador, uma equipe cair de rendimento. Foi quando apareceu o Tenente Carlos da Costa Dantas, da nossa Base Aérea, ligado há anos ao basquetebol de Florianópolis, mas inteiramente desconhecido no cenário futebolístico. Alguém recomendou ao presidente do clube, Osni Ortiga, a contratação do Tenente Dantas para treinador do time. Dúvidas quanto à sua capacidade em matéria de orientar equipes de futebol houveram, mas passadas algumas semanas a incerteza começou a dar espaço para a esperança. Pouco a pouco, as orientações técnicas aplicadas por Dantas foram dando excelentes resultados. E isso se confirmou com o Figueirense sendo campeão. O Alvinegro, depois de nove anos de espera levantou a taça de Campeão da Cidade de forma invicta. O Oficial da Aeronáutica, Carlos da Costa Dantas, foi decisivo na conquista do título.